BRAGANEY RECEBE CAMINHÃO DE COLETA SELETIVA

O município de Braganey está colhendo os frutos pelas boas parcerias realizadas. O Sistema Integrado de Coleta Seletiva é um programa desenvolvido pelo Instituto das Águas do Paraná, vinculado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Além de promover a preservação do meio ambiente e se preocupar com a saúde pública, é inovador no que tange a sustentabilidade dos recicladores e conscientização da população através da educação ambiental.

O convênio realizado com a prefeitura de Braganey, nesta primeira etapa consiste na liberação de recursos para a aquisição de um caminhão próprio para a coleta seletiva que já foi entregue pelo prefeito. O veículo já está na cidade e teve um investimento de R$ 290 mil. Como contrapartida, o município se responsabiliza pela instalação dos barracões da unidade de processamento dos materiais recicláveis, motorista para o veículo de coleta e a manutenção dos equipamentos. Em outra etapa, serão destinados os equipamentos para a triagem e reciclagem, conforme a necessidade do município. Fazem parte da lista de equipamentos: mega extensiva, esteira mecânica de separação, prensas hidráulicas, empilhadeira elétrica, paleteira hidráulica manual e balança mecânica.

Segundo o prefeito Odair Guerreiro o convênio vai transformar a coleta “é algo inovador para o nosso município, vamos preservar o meio ambiente e ainda gerar empregos e renda ao nosso município, essa parceria só vem beneficiar Braganey” disse.

O Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Braganey Jean Rocha completa “Essa ação faz parte de uma política de Estado mais ampla, onde as cidades devem incentivar a participação de cooperativas de catadores de materiais recicláveis, oferecendo-lhes melhores condições de trabalho”.

O programa prevê também a implantação de cooperativas ou associações de catadores, onde os carrinheiros deixarão de trabalhar nas ruas para atuarem nos barracões. O sistema permite, não apenas a ampliação da produtividade, mas também o aumento da receita das famílias, uma vez que, a proposta do programa é criar grupos de economia solidária que dividam os lucros entre eles.

Compartilhe: